0

O QUE É FILOSOFIA PARA CRIANÇAS?



O contexto do mundo atual impõe um grande desafio aos educadores: a formação de pessoas com as habilidades necessárias para transformar informação em conhecimento e conhecimento em ações conseqüentes. A velocidade com que são produzidas e repassadas as informações exigem uma forma mais elaborada de apreensão, possibilitando, assim, relacioná-las e delas extrair tudo aquilo que está implícito. Além disso, os indivíduos desta sociedade em rápida transformação terão êxito e serão atuantes na medida em que conseguirem interagir autonomamente com o meio em que vivem.
Neste sentido, uma vez mais, a Educação tem papel de destaque na formação deste novo indivíduo. A simples transmissão de informações produzidas ao longo da história já não basta. Cabe à Educação, agora, dar os instrumentos necessários para que, a partir do que já foi construído, as pessoas possam elaborar novos conhecimentos, desenvolver seu potencial criativo, enfrentar novos desafios, relacionar as informações e tirar suas próprias conclusões.
Diante desse panorama, o Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças salienta a necessidade de se aprender a pensar melhor e a pensar por si mesmo. Quando a Filosofia é ensinada através do diálogo investigativo, como é proposto no Programa de Filosofia para Crianças e, especialmente, quando os estudantes ainda são crianças, a tendência é que eles saiam de seus cursos mais críticos, mais criativos e mais sensíveis ao contexto em que vivem.
A experiência tem nos mostrado que crianças e adolescentes que estão expostos à esse Programa desenvolvem: maior autonomia de pensamento, uma percepção ética mais aguçada, autocorreção, respeito por pensamentos diferentes do seu, respeito à opinião de outras pessoas, capacidade de dar boas razões para seus argumentos, entre outras habilidades.




Principais objetivos
O Programa Filosofia para Crianças - Educação para o Pensar é um programa educacional que visa três objetivos intercomplementares:
  • iniciação filosófica de crianças e jovens;
  • educação para o pensar;
  • preparação para uma cidadania responsável.

Iniciação Filosófica:
Crianças, jovens e adultos colocam, para si próprios, questões que demandam não só um esforço explicativo a respeito de aspectos relevantes da realidade, mas, também, um esforço de constituição de sentidos desta realidade e de si mesmos nela.
Os sentidos, constituídos historicamente pelos seres humanos, alimentam suas vidas e os vão constituindo como pessoas.
Essas referências significativas são uma necessidade: as pessoas podem participar do esforço da sua constituição ou podem receber prontos os sentidos produzidos por alguns poucos que acabam se tornando os donos das referências!...
Filosofia para Crianças pretende iniciar crianças e jovens na luta pela constituição autônoma e co-participada dos sentidos. O objetivo é auxiliá-los a se tornarem cidadãos que sejam capazes de oferecer contribuição pessoal enriquecedora na construção continuada das necessárias referências orientadoras das vidas humanas.
Pensar, reflexiva e criticamente sobre as questões que dizem respeito à constituição dos sentidos, é estar iniciando-se no próprio processo do filosofar, antes mesmo de ter acesso à produção daqueles que são reconhecidos, pela qualidade de suas reflexões, como os grandes filósofos.

Educação para o Pensar:
O pensar é recurso humano imprescindível, tanto para a produção de explicações, quanto para a constituição dos sentidos. Exercitá-lo, no enfrentamento das questões envolvidas na busca da construção de significados, pode resultar no seu próprio aprimoramento.
E tal aprimoramento ocorrerá se o exercício do pensar merecer atenção e cuidados especiais por parte dos educadores e dos próprios educandos.
O Programa Filosofia para Crianças - Educação para o Pensar oferece indicações para tanto, fundamentação teórica consistente, metodologia adequada e materiais de apoio para uso dos educandos e dos educadores.
O aspecto central da metodologia do Programa é a realização do diálogo investigativo que transforma os grupos de educandos em pequenas comunidades de investigação. Nelas, os participantes expõem suas idéias, escutam-se uns aos outros, questionam-se mutuamente, comparam seus pontos de vista, complementando-os e eventualmente, corrigindo-os. Trata-se de um verdadeiro processo de cooperação intelectual, afetiva e criativa.
As interações sócio-linguísticas que aí ocorrem, devidamente observadas, cuidadas e orientadas por educadores preparados, são promotoras do desenvolvimento das condições cognitivas: um verdadeiro processo de Educação para o Pensar.

Preparação para uma cidadania responsável:
A participação produtiva numa pequena comunidade de investigação exige comportamentos e atitudes de cooperação, respeito mútuo, interesse por objetivos comuns, avaliação crítica, que são, dentre outros, elementos importantes para o exercício democrático na sociedade. A ocupação dos espaços da cidadania requer das pessoas tais comportamentos e atitudes que podem decorrer ou ser reforçados quando se aprende desde cedo:
  • a respeitar os pontos de vista dos outros;
  • que o próprio ponto de vista tem o mesmo valor e peso do dos outros;
  • a respeitar a vez dos outros e a exigir respeito pela própria vez;
  • a respeitar regras combinadas;
  • que as regras podem ser discutidas e modificadas, mas que são necessárias para a vida em comum;
  • que todos somos iguais;
  • que todos somos igualmente dignos de respeito.
Tais aprendizados são elementos éticos necessários às relações sociais e o domínio dos mesmos, só é possível, no seu exercício prático acompanhado da atenção intelectual que o examina cuidadosamente.
Tudo o que é feito é pensado e repensado crítica e criativamente possibilitando pesar (ponderar) justificativas, motivos e possíveis conseqüências. Quando se pondera, res-ponde-se: torna-se responsável.
Realizar este exercício, nas pequenas comunidades de investigação com crianças e jovens, pode ensejar a sua continuação na vida adulta.

FONTE:
Créditos: CBFC - Centro Brasileiro de Filosofia para Crianças e Jovens - http://www.cbfc.org.br/

0 comentários:

Postar um comentário

DEIXE SEU COMENTÁRIO QUANDO VISITAR O BLOG Edna Ribeiro - Um Olhar para o Horizonte